• 25 de junho de 2022

Purodiol: O que é, para que serve, preço e benefícios

 Purodiol: O que é, para que serve, preço e benefícios

Infelizmente o Purodiol ainda deve ser importado, no entanto, o remédio à base de cannabis é cada vez mais receitado no Brasil.

A planta cannabis tem uma variedade de espécies, que torna possível utilizá-la para criar cordas, tecidos, cosméticos, remédios e muitos outros tipos de uso.

A planta contém mais de 400 substâncias, que quando ingeridas pelos seres humanos, podem ajudar no tratamento de diversas patologias e condições. 

O mais conhecido é o canabidiol (CBD). No mundo, há uma variedade de remédios feitos com ele, mas vamos falar sobre o Purodiol.

Ele é conhecido por ser orgânico e também pelo seu alto grau de pureza, acima de 99,5%. A maioria dos produtos derivados da planta, possuem mais de um canabinoide na sua composição.

No caso de remédios feitos com o canabidiol, eles podem ser acompanhados com uma porcentagem mínima de tetraidrocanabinol (THC), substância que causa os efeitos da maconha.

Mas a quantidade não chega a 1%. Logo, ele também não causa dependência.

No entanto, uma das características deste medicamento é que ele é feito com o CBD Isolado, ou seja, não possui o composto e nem outras substâncias da planta. A sua formulação contém apenas o CBD.

Como o canabidiol funciona

O nosso organismo também produz canabinoides, que são responsáveis pela homeostase, ou seja, pelo equilíbrio das funções do corpo a nível celular.

Se alguma dessas funções não está regulada, são eles que sinalizam que algo precisa ser mudado e agem.

No entanto, por uma série de fatores, eles podem não ser suficiente, e a escassez dos canabinoides do corpo pode acarretar em uma série de condições.

Para a nossa sorte, a planta também produz canabinoides, que dentro do nosso organismo, podem ajudar como uma espécie de complemento aos nossos.

Eles atuam de forma similar aos produzidos pelo corpo e ajudam a restaurar o equilíbrio.

Para que o Purodiol serve

Sem os canabinoides, as células podem resultar em uma superexcitação, causando convulsões e espasmos. É aí que entra a cannabis para o tratamento da epilepsia, por exemplo.

O CBD funciona como uma espécie de neuroprotetor para as células. Além disso, ele também tem propriedades anti-inflamatórias e é eficaz para outras doenças, como câncer, Parkinson e Alzheimer.

Sobre o Purodiol

O Purodiol é administrado de forma oral, através de seringas que medem a dosagem. Ele pode se apresentar em duas concentrações diferentes, mas ambos em frascos de 30 ml:

  •         Purodiol 50 (50 mg/ml)
  •         Purodiol 200 (200mg/ml)

Remédios à base de cannabis são conhecidos por proporcionar efeitos rápidos. Na administração sublingual, isto é, embaixo da língua sem engolir, o remédio pode demorar até 30 minutos.

Já na forma ingerida, ele precisa passar pelo sistema digestivo, o que demora um pouco mais. Os efeitos podem demorar de 30 minutos a uma hora.

Medicamentos à base de CBD costumam ter efeitos colaterais bem menores que remédios para as doenças em que o canabinoide ajuda a combater. As reações variam entre sonolência, náuseas, vômitos e até diarreia.

No entanto, a introdução do medicamento é feita de forma progressiva, com pequenas doses no começo e depois aumentando conforme a reação individual de cada organismo.

Não só o Purodiol

A genética de cada um é única, por isso, remédios derivados da planta podem agir de forma diferente no organismo de cada um.

Alguns se dão melhor com uma porcentagem maior de CBD e outros, de THC e não tem problema.

Há uma série de medicamentos à base da planta que podem ser importados com os mais variados preços. 

O Purodiol, por exemplo, custa em média 450 dólares por frasco, dependendo da dosagem e sem contar o frete.

Convertido em reais, o valor pode sair bem salgado.

Também há uma série de medicamentos com porcentagens de canabinoides diferentes e preços variados.

Óleos de canabidiol 6000mg full spectrum (feito com vários canabinoides), podem sair por 1.600,00, por exemplo.

Tudo vai depender da quantidade de canabinoide e a acessibilidade.

Na dúvida, converse com o seu médico para entender qual a melhor opção.

É importante lembrar que para qualquer remédio à base de cannabis, é necessário ter prescrição médica, tanto nacionais quanto importados.  

Como comprar

As importações de remédios à base de cannabis são legais desde 2015, quando a lei entrou em vigor. Desde então a demanda supera ano após ano.

Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), atualmente 7.800 pessoas são autorizadas a importar.  Mas, como fazer isso?

Primeiro você vai precisar de uma autorização excepcional de importação Anvisa. Ela segue uma série de requisitos, que envolvem prescrição médica, laudo e até uma declaração de responsabilidade.

Depois da resolução 355/2020, a Anvisa simplificou o processo de importação. Agora, remédios à base da planta são tratados com prioridade, acelerando o processo. Além disso, a autorização passou a valer dois anos, não mais apenas um.

Além do nome do remédio, o Purodiol é também o nome da marca, que importa para o medicamento para vários países. 

Qual o preço do Purodiol

No Brasil, a empresa tem um Serviço de Apoio ao Consumidor e ao Profissional de Saúde, que auxilia tanto em informações quanto no processo de importação.

No entanto, é importante lembrar que o produto britânico não é barato, principalmente por ser convertido em dólar. O frete internacional também não sai por menos por menos de R$200,00.

Caso precise de ajuda com prescrição, há uma equipe com um atendimento especializado que poderá esclarecer dúvidas, além de auxiliar desde a prescrição até a importação do produto. Clique aqui

Tainara Cavalcante

Jornalista e produtora de conteúdo no Cannalize. Amante de literatura, fotografia e conteúdo de qualidade.

Mais Notícias