• 19 de maio de 2022

Poder anti-inflamatório do CBD pode ser útil no pós-cirúrgico

 Poder anti-inflamatório do CBD pode ser útil no pós-cirúrgico

Dr. Marcos Marra – Arquivo Pessoal

Embora ainda não exista evidências suficientes, o canabidiol tem se mostrado um poderoso anti-inflamatório, tanto para condições musculares quanto respiratórias.

De acordo com a Associação Brasileira de Indústria de Cannabis (BRCann), mais de 33 mil pessoas passaram a utilizar cannabis medicinal desde o começo da pandemia de COVID-19. Um aumento de 492%.

Contudo, se em 2015, quando as importações foram reguladas, o uso do fitofármaco era focado no tratamento de crianças, hoje as coisas parecem estar mudando. 

Ela era indicada basicamente para epilepsia em crianças. Agora, há mais médicos prescrevendo para condições como dores crônicas, Parkinson, Alzheimer, ansiedade e outras condições que acometem adultos e idosos.

Dr. Thiago Marra – Arquivo Pessoal

Cannabis como tratamento?

Prova disso é o médico-cirurgião Thiago Marra, 36, que passou a usar o método alternativo para estresse e hoje indica até para os seus pacientes antes de uma cirurgia. 

“O meu trabalho é estressante e desgastante. Procurei um psiquiatra que me indicou o canabidiol (CBD) para ansiedade e também me ajudar na questão do sono (…) melhorou de forma rápida”, acrescenta. 

Ele começou a se interessar pelo tema e pesquisar mais a fundo. Marra conta que nunca teve preconceito sobre o assunto, só não conhecia as descobertas científicas atuais sobre as propriedades medicinais da cannabis.

 Cannabis para inflamação

O médico-cirurgião indica cannabis para pacientes que estão apreensivos e ansiosos antes de uma cirurgia. Contudo, ele acredita que em algum momento o óleo poderá ser utilizado para auxiliar o pós-cirúrgico.

“O canabidiol tem um grande poder anti-inflamatório, que pode trazer benefícios na recuperação dos pacientes”, ressalta.

Embora não existam evidências suficientes para o uso do canabidiol depois de uma cirurgia, diversos estudos já mostraram o potencial do seu efeito anti-inflamatório. “Para dores crônicas, por exemplo, já  está bem estabelecido”, acrescenta.

Tanto é que atletas pelo mundo já trocaram o ibuprofeno por CBDAlgumas pesquisas também investigam as propriedades da cannabis nas citocinas inflamatórias da Covid-19

Estudos

Em 2006, um estudo da Universidade Imperial de Londres já mostrava uma possível relação. Cerca de 65 pacientes receberam o CBD depois de cirurgias complexas, como a reposição do joelho.

O extrato da cannabis foi capaz de diminuir as dores do pós-operatório.

Em setembro do ano passado, a Universidade McMaster, do Canadá, iniciou um estudo semelhante. O objetivo é comparar os efeitos do canabidiol com placebos em pacientes pós-cirúrgicos.

A pesquisa vai até 2023 e ainda não tem resultados preliminares.

 

Tainara Cavalcante

Jornalista e produtora de conteúdo no Cannalize. Amante de literatura, fotografia e conteúdo de qualidade.

Mais Notícias