• 24 de junho de 2022

Primosiston: O que é, Para que serve, Benefícios , Efeitos, Contraindicações e Como usar 

 Primosiston: O que é, Para que serve, Benefícios , Efeitos, Contraindicações e Como usar 

Se você for mulher, talvez já tenha ouvido  falar desse medicamento ou até faça o uso. Mas vamos entender melhor para que serve e como funciona esse remédio.

A Primosiston é um remédio geralmente usado para interromper o sangramento do útero e também para antecipar ou atrasar a menstruação.

Este remédio contém como princípios ativos o acetato de noretisterona (uma pílula anticoncepcional utilizada para prevenir a gravidez) 2 mg e etinilestradiol (um anticoncepcional oral combinado) 0,01 mg, que são capazes de impedir a ovulação e a produção hormonal.

Com o uso desse medicamento, o sangramento vaginal vai diminuindo aos poucos e dentro de 5 a 7 dias pode desaparecer completamente. 

Esse medicamento pode ser comprado com prescrição médica em farmácias por um valor acessível,cerca de 7 a 10 reais.

O que esperar da Primosiston

Como foi dito, o Primosiston é indicado no tratamento da hemorragia uterina, e para atrasar ou antecipar o dia da menstruação.

A hemorragia uterina disfuncional ocorre devido um distúrbio da função ovariana, que pode resultar em perda sanguínea substancial e ocasionar prejuízos para a saúde da mulher.

No caso do uso de Primosiston, ao suprir a ovulação e a produção hormonal, pode modificar completamente o endométrio (revestimento interno do útero), interrompendo o sangramento causado pela descamação irregular do endométrio. 

Após alguns dias de uso desse medicamento, seguidos de sua interrupção, o efeito acaba  Então ocorre uma descamação induzida, na forma de sangramento semelhante à menstruação.

Por causa da sua intensa atividade progestogênica e estrogênica, o primosiston alivia os distúrbios da função ovariana e do ciclo menstrual dentro de poucos dias.


Como consumir 

Basicamente, o uso do Primosiston é indicado nas seguintes situações:

Interrupção do sangramento causado por uma hemorragia: Nesse caso, a  dose recomendada é de 1 comprimido 3 vezes ao dia  durante 10 dias, o que alivia a hemorragia uterina em 1 a 4 dias. Contudo,  quando não está associada a alguma lesão do útero.

Antecipação da menstruação: Consumir 1 comprimido 3 vezes ao dia durante, no mínimo, 8 dias a partir do 5º dia do ciclo menstrual, contando como o primeiro dia da menstruação o primeiro dia do ciclo. Neste caso, a menstruação costuma ocorrer de 2 a 3 dias após a suspensão da medicação.

Atraso da menstruação: Tomar 1 comprimido 3 vezes ao dia durante 10 a 14 dias, tomando o 1º comprimido 3 dias antes da data prevista da próxima menstruação. Nesse caso, antes do uso é essencial que a mulher se certifique que não há gravidez, para um uso seguro, sem riscos para a saúde do bebê caso esteja sendo gerado.

Existem Efeitos Colaterais?

Geralmente esse medicamento é bem tolerado, mas às vezes pode surgir sintomas desagradáveis como:

  • Dor de cabeça;
  • Enjoo;
  • Sensação de tensão mamária;
  • Dor de estômago. 

Ao ingerir mais comprimidos do que deveria podem surgir sintomas como: 

  • Náusea;
  • Vômito; 
  • Sangramento vaginal.

Esse medicamento pode interferir na ação de antidiabéticos orais e por isso não é recomendado para mulheres diabéticas.

Contraindicações

Assim como qualquer outro medicamento, o Primosiston também tem suas contraindicações.

Esse medicamento não deve ser usado em casos como: 

  • Gravidez;
  • Amamentação;
  • Alergia aos componentes da fórmula;
  • Câncer de mama. 

O essencial é informar ao médico se houver suspeita de gravidez durante o tratamento. 

É importante também, informar ao médico se está amamentando, pois pequenas quantidades do medicamento podem ser transferidas para o leite e ingeridas pelo bebê durante a amamentação.

Superdosagem

Além das contraindicações, é importante tomar cuidado também com as dosagens desse medicamento. 

Estudos de toxicidade aguda realizados com os componentes individuais ou em combinação indicam que o produto apresenta baixa toxicidade, mesmo após ingestão acidental de um múltiplo da dose requerida para terapia.

Nesse caso, podem ocorrer os seguintes sintomas como náuseas e vômitos.

Se for consumida grande quantidade deste medicamento, o médico deve ser procurado imediatamente.

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias