• 8 de maio de 2021

O óleo de CBD pode ajudar no tratamento de diabetes?

 O óleo de CBD pode ajudar no tratamento de diabetes?

Estudos têm demonstrado que aqueles que consomem cannabis regularmente têm menor probabilidade de desenvolver diabetes. Como isso funciona? O óleo de CBD pode ajudar a controlar ou prevenir a doença? 

É estimado que uma em cada três pessoas tem diabetes ou são pré-diabéticas. Com tantas pessoas sofrendo desta condição,que ainda não há cura , há muito espaço para melhorias. Uma das soluções mais promissoras apresentadas nos últimos anos é o canabidiol.

O uso do CBD para aliviar os sintomas de diabetes, assim como epilepsia , ansiedade e uma variedade de outras condições de saúde, é benéfico. Apesar de que mais pesquisas precisam ser feitas

Entre as pesquisas que já estão disponíveis, especialista tentam entender se esse canabinoide tão conhecido pode ajudar a tratar ou até diminuir o risco de desenvolver diabetes tipo 1 e tipo 2 .

O que é diabetes?

Diabetes é uma doença que surge pelo aumento da glicose no sangue (hiperglicemia). Pode ocorrer devido a defeitos na secreção ou na ação do hormônio insulina, que é produzido no pâncreas, em células conhecidas como beta. A função principal da insulina é promover a entrada de glicose para as células do organismo, de forma que ela possa ser aproveitada para as inúmeras atividades celulares. A falta da insulina ou um defeito na sua ação causa um acúmulo de glicose no sangue, mais conhecida como hiperglicemia.

Existem diversas condições que podem causar diabetes, porém a grande maioria dos casos está dividida em dois grupos:

  • Diabetes Tipo 1: é resultado da destruição das células beta pancreáticas por um processo imunológico, ou seja, pela formação de anticorpos pelo próprio organismo contra as células, beta levando a deficiência de insulina.

  • Diabetes Tipo 2:  nesse caso, está incluída a grande maioria dos casos (cerca de 90% dos pacientes diabéticos). Nesses pacientes, a insulina é produzida pelas células beta pancreáticas, porém, sua ação está dificultada, causando um quadro de resistência insulínica.

  • Outros Tipos de Diabetes: estes são bem mais raros e incluem defeitos genéticos da função da célula beta.

Como o canabidiol ajuda no tratamento de diabetes?

As diabetes tipo 1 e tipo 2 diferem em sua origem e tratamento, mas apresentam o mesmo problema: muita glicose circulando no sangue.

O canabidiol atua sobre o sistema endocanabinóide (SEC) do corpo. Este é um sistema de hormônios, neurotransmissores e receptores encontrados em praticamente todo o organismo . A principal função do SEC é equilibrar a homeostase destes órgãos e seus funcionamentos.

O corpo tem uma rotina e ele sempre se esforça para mantê-la, vamos usar como exemplo, a temperatura corporal. Normalmente nós precisamos manter uma temperatura corporal interna de aproximadamente 37°C.

A partir do momento que a temperatura em nosso ambiente cai, o corpo se adapta para gerar mais calor interior. Mas quando a temperatura externa aumenta, o corpo tenta manter a temperatura interna mais fria.

Quando esse sistema não funciona, ficamos doentes. O que geralmente acontece durante a insolação ou a hipotermia: o corpo não consegue mais manter o equilíbrio e começamos a sofrer as consequências rapidamente.

O SEC desempenha um papel muito importante nesse processo, mantendo todas estas métricas mais próximas possível da média de equilíbrio. Quando se refere a diabetes, o que fica desregulado é o nível de açúcar no sangue. Quando ele se torna disfuncional, surge as diabetes.

Diante disso, o CBD atua como um otimizador para o Sistema Endocanabinóide,, ajudando a funcionar de forma mais eficiente para trazer de volta a um estado de equilíbrio.

O CBD pode tratar os sintomas de diabetes

Além do canabinoide ajudar no equilíbrio de açúcar no sangue, ele também oferece alguns benefícios para tratar os sintomas da doença.

Alguns exemplos de sintomas com os quais o canabidiol pode ajudar incluem:

  • Diminui a dor nos nervos;
  • Reduz a ansiedade ;
  • Previne a pele;
  • Acelera a cicatrização; 
  • Diminui o apetite por alimentos doces.

Como usar o óleo de CBD para a diabetes e qual a dosagem ideal?

Agora que entendemos como o canabidiol em conjunto com o Sistema Endocanabinóide pode ajudar a equilibrar o açúcar no sangue de pessoas com diabete, vamos ver como ele pode ser usado.

De início, é importante lembrar que o óleo de CBD é melhor aproveitado quando usado junto com outras intervenções, principalmente aquelas que envolvem mudanças na dieta e no estilo de vida.

Pessoas com diabetes precisam fazer um esforço concentrado para evitar carboidratos refinados e aumentar o consumo de gorduras e proteínas em sua dieta.

Além disso, praticar exercícios leves a moderados e controlar o estresse ajudam muito a diminuir as causas de diabetes e a retardar sua progressão.

Como sabemos, o óleo canabidiol é produzido pela extração do composto da planta de cannabis diluído com um óleo transportador, como óleo de semente de coco ou cânhamo.

Assim como em outras condições, esse óleo pode ajudar no tratamento de diabetes de forma eficaz, aqui citaremos as 3 maneiras principais que ele pode ser benefício, as quais incluem:

Redução da dor nas articulações e nos nervos: as pessoas diabéticas sofrem de dor quando os órgãos começam a se danificar. Através disso, vem um efeito negativo sobre o sistema nervoso, o que tornar o nível da dor mais alto.

Depois de tomar uma dose recomendada de canabidiol, essa condição começa a melhorar. Estudos de saúde mostraram que pessoas diabéticas que tomam o óleo regularmente, raramente se queixam de dores nas articulações e nos órgãos.

Redução da inflamação: todas as doenças crônicas afetam os glóbulos brancos e todo o sistema imunológico. Por esse motivo, causa inflamação e até impede que o sangue atinja certas áreas do corpo. Com o uso do óleo de canabidiol, extrato, tinturas e produtos infundidos com CBD vêm as inflamações diminuem.

Promove o fluxo sanguíneo com a diabetes, o sangue pode não atingir alguns órgãos, causando isquemia (falta de fornecimento sanguíneo). Isso cria a possibilidade de doenças cardiovasculares como derrame. 

Além dos órgãos danificados que bloqueiam o fluxo, o colesterol alto pode aumentar a pressão do sangue e danificar os vasos sanguíneos. O canabidiol pode ajudar no controle disso, regulando a pressão sanguínea de uma maneira excelente.

A dose certa de óleo de CBD é diferente para todos

O Sistema Endocanabinóide em que o composto atua é diferente de uma pessoa para a outra. Por isso, descobrir a dosagem adequada pode ser um processo um pouco complexo, pois não existe um padrão geral.

A dose mais comumente utilizada para diabéticos é entre 2,5 mg e 100 mg de canabidiol por dia. Este é um intervalo grande, então o ideal é começar com uma dose baixa e aumentá-la lentamente até que comece a obter os efeitos desejados.

A maioria das pessoas começa com um equivalente a 1 ou 2 mg e adiciona 4 mg por dia.

Se ocorrer alguns efeitos colaterais , então deve ser reduzida. Para os que têm diabetes, é importante tomar o óleo de canabidiol por longos períodos de tempo para obter os melhores resultados.

Ficou curioso e quer saber mais sobre as dosagens de CBD? Clique aqui

Fale com o seu médico

Se você tem diabete ou conhece alguém que tenha e tem a intenção de se tratar usando o CBD, conversar com seu médico é de extrema importância, dependendo das leis do local, alguns podem ajudar recomendando dosagens ou marcas de alta qualidade e confiáveis.

Consulte seu médico antes de tentar qualquer uso de canabidiol, principalmente se já estiver usando um ou mais medicamentos.

Referências

  • Healthline Media
  • Daily Cbd
  • Sechat
Avatar

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias