• 7 de dezembro de 2021

Nova Iorque permitirá em breve que pacientes de cannabis cultive suas próprias plantas

 Nova Iorque permitirá em breve que pacientes de cannabis cultive suas próprias plantas

E o avanço da cannabis não para. Dessa vez em Nova Iorque, em que o tão esperado cultivo residencial pode se tornar realidade .

Em breve, os pacientes de cannabis medicinal poderão cultivar sua própria planta em casa, depois que o novo Conselho de Controle de Cannabis (CCB) do estado votou por unanimidade para aprovar os regulamentos propostos.

Pacientes qualificados teriam permissão para cultivar até seis plantas em residências privadas internas ou externas para o uso terapêutico.

Novos detalhes das propostas foram anunciados na segunda reunião do CCB, nesta quinta-feira (21).

Após a publicação das regras propostas, será estabelecido um período de 60 dias para comentários públicos, em que alterações podem ser propostas. Em seguida, o conselho analisará esses comentários antes de fazer qualquer revisão adequada dos regulamentos.

A ex-deputada Tremaine Wright (D), que preside o CCB, disse sobre as propostas: “O cultivo doméstico de cannabis medicinal proporcionará aos pacientes certificados um meio econômico de conseguir cannabis através do cultivo pessoal, ao mesmo tempo que cria um conjunto de normas que regem a conduta e atividades relacionadas com o cultivo pessoal de cannabis. ”

De acordo com os slides apresentados pelo CCB, as novas regras poderiam impor um dever aos pacientes de tomar medidas razoáveis para garantir que as plantas de cannabis, e qualquer planta cultivada a partir dessa erva, não sejam facilmente acessíveis a menores de 21 anos’’.

As regras também permitiriam que os cuidadores de pacientes menores de 21 anos cultivassem até seis plantas de cannabis em nome dos pacientes. 

Cuidadores com mais de um paciente teriam permissão para cultivar 1 planta de cannabis adicional para cada paciente subsequente.

No início deste ano, os legisladores de Nova York também aprovaram legislação que permitirá o cultivo, a produção, o fornecimento e o uso recreativo de cannabis.

Debaixo desta legalização, os consumidores de cannabis recreativa também poderão cultivar plantas de cannabis para o consumo pessoal em residências privadas. No entanto, essas regras não entrarão em vigor até que as vendas legais para o uso adulto comecem em todo o estado, algo que não acontece em poucos meses.

De acordo com a regulamentação atual, os pacientes de cannabis medicinal são permitidos a possuir até 3 onças de cannabis ou 24 gramas de concentrados, e podem consumir cannabis em qualquer lugar público onde o consumo de tabaco é permitido. 

De acordo com as regras iminentes que permitirão que usuários de cannabis medicinal e recreativa eventualmente cultivem cannabis em casa, os proprietários se reservam o direito de proibir os inquilinos de cultivar as plantas em suas propriedades.

Referências

  • Canex

 

Avatar

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias