• 7 de dezembro de 2021

Impostos referente a cannabis estão prestes a passarem por aumento na Califórnia novamente

 Impostos referente a cannabis estão prestes a passarem por aumento na Califórnia novamente

Segundo as informações do Departamento de Administração de Impostos e Taxas da Califórnia, todos os três tipos de impostos sobre o cultivo da planta aumentarão a partir de 1º de janeiro de 2022.

Poucos sabem, mas não é a primeira vez que isso acontece na Califórnia. Pela segunda vez desde que a Califórnia lançou seu mercado legal de cannabis no ano de 2018, os reguladores vão aumentar os impostos sobre a maconha em todo o estado.

Essa informação veio através de um aviso do Departamento de Administração de Impostos e Taxas da Califórnia (CDTFA), em que cita todos os três tipos de impostos sobre o cultivo de maconha que aumentarão a partir de 1º de janeiro do próximo ano. 

Esse aumento de impostos decorre de uma lei estadual que exige que o CDTFA recalcule as taxas de impostos sobre o cultivo uma vez por ano por causa da inflação.

Dentre essas mudanças nas taxas de impostos estão: 

  • A flor de cannabis por cada 28g de peso seco aumentará de US$ 9,65 para US$ 10,08.
  • As folhas da planta aumentarão de US$ 2,87 para US$ 3.
  • O material da planta da cannabis fresca aumentará de US$ 1,35 para US$ 1,41.
  • Os impostos em questão são todos pagos pelos plantadores da erva.


O último aumento de  taxa ocorreu em 1º de janeiro de 2020 , quando a taxa de aumento no atacado para a cannabis foi elevada de 60% para 80%.

A agência também disse que a taxa de markup permanecerá em 80% pelo menos até 30 de junho de 2022, enquanto o imposto estadual sobre a maconha de 15% não sofrerá nenhuma alteração.

O aumento da margem de lucro em 2020 levou a uma corrida de reuniões e negociações por representantes da indústria e legisladores estaduais, mas no final das contas não terminou com nenhuma redução de impostos.

Várias tentativas de reduzir as taxas de impostos sobre a planta desde 2018 foram todas derrotadas no Legislativo estadual, apesar de impostos mais baixos serem uma das principais prioridades do setor. 

Referências

  • MJbiz
Avatar

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias