• 25 de junho de 2022

Fluconazol: O que é, Benefícios, Efeitos, Interações e Contraindicações 

 Fluconazol: O que é, Benefícios, Efeitos, Interações e Contraindicações 

Você já ouviu falar do Fluconazol? Se a resposta for não, vamos aprender um pouco sobre esse medicamento. Seus benefícios, efeitos, interações e contraindicações.

O fluconazol é um medicamento utilizado no tratamento de pele ou doenças causadas por fungos. Ele pode ser consumido por via oral (boca), tópica (pele) intravenosa (veia).

Um remédio indicado principalmente para tratar candidíase vaginal (infecção na vagina causada por um fungo).

Além disso, também pode ser utilizado para o tratamento de dermatomicoses (infecções fúngicas na pele e nas unhas), por exemplo: 

  • Tinea pedis; 
  • Tinea corporis; 
  • Tinea cruris; 
  • Tinea unguium.

Pode ser usado também no tratamento de balanite por candida, uma infecção fúngica que atinge homens na região conhecida como “cabeça do pênis”.

Como esse medicamento age no organismo?

A principal ação do fluconazol será a do impedimento da sintetização de esteroides, composto necessário para a sobrevivência do fungo.

Assim, impede o seu crescimento e sua reprodução. Dessa forma, ele elimina o causador da doença e, consequentemente a melhora do quadro.

Efeitos colaterais

Assim como muitos outros medicamentos, também existem alguns efeitos colaterais.

Os efeitos mais comuns são:

  • Cefaleia; 
  • Dor abdominal; 
  • Diarreia; 
  • Enjoos; 
  • Vômitos; 
  • Vermelhidão da pele.

Já os efeitos colaterais menos comuns são:

  • Insônia; 
  • Sonolência; 
  • Convulsões; 
  • Tontura; 
  • Dormência e formigamento; 
  • Alteração do sabor; 
  • Má digestão; 
  • Flatulência; 
  • Boca seca; 
  • Colestase; 
  • Icterícia; 
  • Aumento da bilirrubina; 
  • Coceira; 
  • Urticária; 
  • Aumento da transpiração; 
  • Dor muscular; 
  • Cansaço; 
  • Mal-estar; 
  • Fraqueza;
  • Febre.

Interações com outros medicamentos

Todo medicamento deve ser receitado por um médico, pois somente ele saberá ajustar e avaliar as interações medicamentosas que podem causar prejuízos à saúde.

Levando isso em consideração, o ideal é analisar atentamente algumas classes de medicamentos, principalmente:

  • Anticoagulantes; 
  • Benzodiazepínicos; 
  • Cisaprida; 
  • Astemizol; 
  • Pimozida; 
  • Quinidina; 
  • Eritromicina; 
  • Terfenadina; 
  • Celecoxibe; 
  • Ciclosporina; 
  • Tacrolimo; 
  • Amiodarona; 
  • Hidroclorotiazida; 
  • Teofilina; 
  • Tofacitinibe; 
  • Voriconazol; 
  • Fenitoína; 
  • Zidovudina; 
  • Saquinavir; 
  • Sirolimo; 
  • Alcalóides da vinca; 
  • Metadona; 
  • Carbamazepina; 
  • Antidepressivos tricíclicos (amitriptilina); 
  • Anti-inflamatórios não esteroidais; 
  • Bloqueadores do canal de cálcio; 
  • Losartana, fentanila; 
  • Halofantrina; 
  • Ciclofosfamida; 
  • Inibidores da HMG-CoA redutase; 
  • Inibidores moderados da CYP3A4; 
  • Prednisona; 
  • Vitamina A; 
  • Rifabutina; 
  • Rifampicina; 
  • Sulfonilureias.

Contraindicações  

Grávidas e lactantes podem usar fluconazol?

O recomendado é que essas mulheres não façam o uso do medicamento.

Houve relatos de aborto espontâneo e anormalidades congênitas em lactentes, em mães que ingeriram 150 mg de fluconazol como dose única ou repetida no primeiro trimestre.

Por isso, em casos de gravidez ou mulheres que estão tentando engravidar, o ideal é entrar em contato com o médico imediatamente.

Em relação à amamentação, estudos indicam que é possível encontrar fluconazol no leite materno.                     

Por isso, lactantes só devem utilizá-lo em último caso e sob orientação médica, para tratamentos de infecções fúngicas graves ou fatais.

Além disso, esse medicamento não deve ser utilizado por pessoas que têm hipersensibilidade (alergia) ao fluconazol ou a compostos azólicos (classe química do fluconazol) ou ainda, a qualquer componente da fórmula.

Esse medicamento não deve ser tomado com terfenadina (medicamento antialérgico), cisaprida, astemizol, eritromicina, pimozida e quinidina, porque pode ser perigoso e provocar alterações do ritmo do coração.

Superdosagem de Fluconazol

Importante ressaltar que o uso de doses muito altas de fluconazol pode causar alucinações e comportamento paranóico (sensação de perseguição).

Quando ocorrer uso de quantidade excessiva de fluconazol o médico deve ser procurado imediatamente.

O tratamento sintomático poderá ser adotado, com medidas de suporte e lavagem do estômago, aumento da intensidade da capacidade de urinar e hemodiálise (filtração do sangue), se necessário.

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias