• 27 de junho de 2022

Filadélfia incia um estudo sobre os benefícios da cannabis

 Filadélfia incia um estudo sobre os benefícios da cannabis

Os Pesquisadores da Filadélfia estão iniciando um estudo inédito sobre os benefícios da cannabis.

Funcionários da Pensilvânia disseram nesta semana que uma equipe da Universidade Thomas Jefferson lançará em breve ”o primeiro programa de pesquisa de cannabis autorizado pelo estado.”


A Philadelphia Inquirer informou que os pesquisadores estão recrutando pacientes para um par de estudos: o primeiro envolverá ”um simples estudo observacional que registrará o que os pacientes tomam e como eles reagem,” com um ”foco sobre o impacto na qualidade da cannabis.” Envolverá pessoas que sofrem de qualquer uma das 23 doenças graves consideradas na Pensilvânia, que incluem ”dor crônica, ansiedade, câncer, autismo, TEPT, uso abusivo de remédios, entre outros.”

O segundo estudo ”montará um grupo menor com o foco em aprender sobre as experiências de cada paciente e o que eles enfrentam nos dispensários,” segundo o Inquirer.

”É a primeira vez que surge uma parceria entre um produtor americano de cannabis e pesquisadores acadêmicos” Brooke Worster, um médico da faculdade de Medicina Sidney Kimmel, em Jefferson, disse ao jornal. ”Pode haver projetos semelhantes em Israel, mas não havia nada assim antes nos Estados Unidos.”

Um avanço na pesquisa

Como as leis da cannabis foram alteradas no país, houve um avanço nas pesquisas sobre os efeitos da cannabis.

Pesquisadores da Universidade de Lowa, anunciou no início deste ano um estudo que examinou os efeitos em idosos.


Em fevereiro, a MedPharm Holdings, uma empresa de cannabis localizada em Denver, disse estar analisando os efeitos do THC e CBD em pacientes que sofrem de demência e alzheimer.

”Nós ainda não sabemos o que essa planta realmente pode fazer para ajudar no alívio dos sintomas,” Albert Gutierrez, CEO da MedPharm, ao Denver Post.

”Ouvimos muitas evidências do quanto pode ajudar com epilepsia ou com dores artríticas, agora é o momento de testar os canabinoides e entender realmente quais são os canabinoides essenciais, quais doses e o quais entregas realmente ajudam a causar esse alivio.”

Referências:

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias