• 25 de junho de 2022

Estudo investiga crise de vômito após uso recorrente de maconha

 Estudo investiga crise de vômito após uso recorrente de maconha

Especialistas estão investigando se os casos são realmente uma síndrome de hiperêmese de cannabis, conhecida como CHS. 

Alguns usuários frequentes de maconha, incluindo adolescentes, estão reclamando de sérios problemas intestinais, como vômito.  A pesquisa está investigando se os casos são síndrome de hiperêmese de cannabis, conhecida como  CHS. 

Em uma entrevista à CNN, o Dr. Sam Wang, especialista em medicina de emergência pediátrica e toxicologista do Children’s Hospital Colorado, explica que a CHS surgiu em 2004 quando um grupo de pesquisadores australianos escreveu sobre 19 usuários crônicos de maconha que tiveram episódios repetidos de dor abdominal e ânsia de vômito. 

Os pesquisadores acompanharam nove dos pacientes ao longo do tempo e descobriram que os sintomas desapareceram quando o uso da cannabis foi interrompido, mas voltaram quando o uso foi reiniciado. 

Mais da metade dos pacientes entrevistados utilizou banhos extremamente quentes para tratar seus sintomas. À medida que mais e mais casos de CHS começaram a aparecer, o banho quente passou a ser usado como tratamento domiciliar.

As hipóteses é que o THC, o principal composto intoxicante da  cannabis, tenha acesso aos receptores de dor no corpo de que a sensação perturbadora de calor extremo interrompe o ciclo da dor, amenizando os sintomas.

Umas das grandes preocupações sobre o novo distúrbio é que o THC é usado para aliviar a dor e a náusea em pacientes com câncer em quimioterapia.

Para Wang, a diferença está nos níveis de dosagem. Contudo, ainda não há dados suficientes para os especialistas concluírem. 

A análise de Wang, publicada no Jornal JAMA Network Open, descobrir mais de 800 mil casos de vômitos no Colorado entre o ano de 2013 e 2018. 

Isso é um aumento de cerca de 29% desde que a maconha foi legalizada no estado. Mais do que 1⁄3 dos casos de vômito em pessoas com 25 anos ou menos.

No caso de tratamento, o tratamento imediato consiste em medicamentos anti-náuseas e fluidos intravenosos para combater a desidratação causada pelo vômito.

Mas os pacientes também passam por uma bateria de teste para descartar outras causas. Os pesquisadores farão o acompanhamento dos casos de CHS.

Referências

  • pledge times

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias