• 31 de julho de 2021

Democratas pretendem derrubar o veto presidencial sobre o  comércio de cannabis em Washington DC

 Democratas pretendem derrubar o veto presidencial sobre o  comércio de cannabis em Washington DC

Mesmo com mudanças no governo dos Estados Unidos, como o presidente, por exemplo, os defensores da erva permanecem na luta para que ela ganhe cada vez mais espaço no país. Dessa vez em relação ao comércio da planta em Washington DC.

O atual presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, permanece com a decisão de continuar impedindo Washington, DC de implementar as vendas de cannabis no estado.

Diante desta decisão, na quarta-feira (23/06), os líderes de um subcomitê da Câmara dos Representantes dos EUA divulgaram um projeto de lei que suspende essa proibição, além de proteger os bancos que atendem a negócios de cannabis legais.

Mesmo que o presidente tenha mantido um responsável que impede o estado de usar seus dólares de impostos para legalizar o comércio da cannabis em sua proposta de orçamento no mês passado, a legislação do Presidente do Subcomitê de Serviços Financeiros removeria essa barreira.

A proposta, que pode cobrir o financiamento anual de várias agências federais, também protegeria os bancos de serem penalizados por reguladores federais simplesmente por trabalharem com empresas de cannabis que operam de acordo com as leis estaduais.

Aprovação de emenda

No ano de 2019 e 2020, a Câmara aprovou uma emenda ainda mais ampla que poderia fornecer proteções para todos os programas estaduais e territoriais de cannabis , em vez de apenas sistemas de cannabis medicinal.

Apesar desta aprovação, o Senado não seguiu o exemplo e a cláusula não foi incluída no projeto de lei de gastos final enviado à mesa de Trump.

Em diversas situações, quando Trump assinou uma legislação de gastos anuais em grande escala, ele anexou uma declaração que dizia que ele tinha o poder de ignorar a decisão de cannabis medicinal aprovada pelo Congresso.

Atualmente, a administração do novo presidente está sendo cada vez mais observada de perto por defensores quando se trata de qualquer desenvolvimento de política de cannabis. 

Principalmente desde que o presidente manteve uma oposição referente a legalização do uso adulto, enquanto vários projetos de lei para acabar com a proibição federal estão sendo redigidos e apresentados.

Vale lembrar que o Presidente Biden não propôs destruir o Escritório de Política Nacional de Controle de Drogas, diferente do que Trump fez. 

Durante seu governo, o ex-presidente pediu um corte de cerca de 90% no orçamento da agência em suas propostas, mas o Congresso não fez o mesmo. 

Já Biden ajudou a estabelecer o gabinete do secretário antidrogas durante seu tempo no Senado e seu orçamento também inclui 17 milhões de dólares em financiamento para apoiar a produção industrial de cânhamo.

Diante de todo esse cenário, os defensores da cannabis estão sempre de olhos abertos e atentos para ver como os legisladores da Câmara e do Senado abordarão as questões da planta cannabis nas próximas medidas de gastos nas próximas semanas.

Referências

 

  • Marijuana Moment
Avatar

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias