• 25 de junho de 2022

Como a cannabis pode afetar os sonhos

 Como a cannabis pode afetar os sonhos

A planta pode inibir os seus sonhos e também pode te fazer sonhar até demais. Ela pode até determinar se o sonho será bom ou ruim.  

Que a cannabis ajuda a dormir todo mundo já sabe. Mas você sabia que a planta também influencia nos sonhos? É comprovado cientificamente que o THC e até o CBD geram efeitos na qualidade dos sonhos. Tanto que o canabidiol pode ser usado nos distúrbios de comportamentos de sono REM. Mas para entender melhor, é preciso saber o quais são os estágios do sono.

Uma noite regular costuma ter cinco fases: os primeiros três estágios são aquele sono mais leve, que envolve a transição entre estar acordado e cair no sono. Os outros dois estágios são quando estamos de fato dormindo, é aí que nossas forças se renovam para mais um dia. São chamados de sono profundo e o sono REM, esta última fase envolve os sonhos.

Pesquisas medindo as ondas cerebrais através de um eletroencefalograma mostram que uma pessoa que consome cannabis com alto teor de THC, ou seja, mais comumente fumam a erva, tende a não sonhar, mas dorme de forma mais relaxada. Isso porque os efeitos da planta aumentam o sono profundo no estágio 4 e diminuem os sonhos no estágio REM.

A reação do CBD

Já as reações do CBD são um tanto quanto curiosas. Embora os efeitos ainda não sejam completamente compreendidos, parece que há uma influência de acordo com a dosagem. Se por exemplo, o consumidor ingerir doses elevadas, o CBD pode aumentar o tempo dos sonhos, isso já no dia em que é administrado. Mas se por acaso a dose for média, o REM pode diminuir a partir do segundo dia.

Quem usa canabidiol relata que os seus sonhos são afetados significativamente. Os depoimentos mais frequentes são a maior clareza dos sonhos e das lembranças dele, assim como uma maior frequência de sonhos positivos.

Uma esperança para quem tem distúrbio de comportamento dos sonhos REM, aquelas pessoas que se movimentam até violentamente enquanto sonham. Pois com a cannabis influenciando nas ondas cerebrais, as pessoas tendem a ter uma noite mais tranquila.

Dependência

A maconha, que tem um maior nível de THC, se administrada em pequenas doses, pode trazer qualidade ao sono. Mas se o indivíduo deixa de consumir por alguma razão, pode relatar a volta do REM bem mais intensificado, o que pode ser um tanto quanto assustador. A recuperação dos sonhos geralmente volta com mais pesadelos e um sono mais denso.

Esta é uma das causas em que o uso excessivo da maconha pode ser ruim. Por esta razão é importante procurar um especialista antes de começar a usar a cannabis para dormir. Saiba mais sobre a cannabis no tratamento de insônia.  

Tainara Cavalcante

Jornalista e produtora de conteúdo no Cannalize. Amante de literatura, fotografia e conteúdo de qualidade.

Mais Notícias