• 17 de abril de 2021

Colite Ulcerativa: O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos 

 Colite Ulcerativa: O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos 

Se você já nos acompanha, com certeza já nos viu falar sobre  diversas doenças, desde as mais conhecidas até as menos conhecidas. Como a colite ulcerativa por exemplo, que vamos conhecer um pouco hoje.

Muito conhecida também como retocolite ulcerativa, a colite ulcerativa é uma condição que afeta as extremidades do intestino grosso (reto e cólon), causando uma inflamação na região, que pode ou não ter úlceras. A condição pode ser crônica.

Essa doença se assemelha a diversas outras condições intestinais, como a doença de Crohn. Mas ao contrário da condição, normalmente não afeta a espessura completa da parede intestinal e quase nunca afeta o intestino delgado.

Geralmente, a retocolite ulcerativa normalmente surge entre os 15 e 30 anos. Uma minoria dos afetados sofre o seu primeiro ataque entre 50 e 70 anos.

Basicamente, a colite ulcerativa pode afetar:

  • Todo o cólon (pancolite);
  • Apenas o reto, ou seja, a parte inferior do cólon ( proctite ulcerativa);
  • Apenas o lado esquerdo do cólon (colite distal).

Quais as causas da colite ulcerativa?

Assim como qualquer outra doença, a dúvida da maioria das pessoas é quais as causas que levam a tal condição.Com a colite ulcerativa não é diferente. 

Mas nesse caso não tem uma causa conhecida. No entanto acredita-se que ela seja multifatorial, ou seja, diversos fatores podem contribuir para o seu desenvolvimento. 

Basicamente, três fatores estão relacionados ao desenvolvimento dessa doença: 

  • Genético;
  • Ambiental;
  • Imunológico;

Pessoas geneticamente predispostas podem ter contato com algum fator ambiental (os quais ainda não são claros), dessa forma, o sistema imunológico desenvolve uma resposta que desencadeia um processo inflamatório no intestino, que não é controlado e acaba desenvolvendo a colite ulcerativa

Principais sintomas da colite ulcerativa

Além das causas, as perguntas mais frequentes são os sintomas de colite ulcerativa. E sim, existem sintomas que podem ser:

  • Diarréia: algumas pessoas podem ter diarreia 10 a 20 vezes por dia;
  • Sangramento retal;
  • Dor abdominal;
  • Prisão de ventre (constipação):
  • Perda de apetite;
  • Febre;
  • Perda de peso;
  • Anemia;
  • Pus nas fezes;
  • Outras manifestações extra-intestinais, como articulares, biliares e oculares.

Outros sintomas que podem ocorrer na RCU

Além desses citados acima, existem outros sintomas que também podem ocorrer, como:

  • Hemorragia gastrointestinal;
  • Dor nas articulações;
  • Feridas na boca (úlceras);
  • Náusea e vômitos;
  • Caroços ou lesões na pele.

Tratamento para colite ulcerativa

Quando o assunto é o tratamento da colite ulcerativa, basicamente consiste na utilização de medicamentos para reduzir a inflamação e tratar os sintomas. 

Dependendo do caso e gravidade da doença, esse tratamento pode ser realizado por longos períodos ou até mesmo por toda a vida. 

Eles têm como foco manter a doença controlada e melhorar a qualidade de vida da pessoa.

Em alguns casos, pode ser necessário a realização de procedimento cirúrgico.

Diferença entre colite ulcerativa e doença de Crohn

Muitas pessoas confundem uma coisa com a outra, mas vamos tentar esclarecer as diferenças entre essas duas doenças. 

O fato é que a colite ulcerativa apresenta sintomas muitos semelhantes aos de outras doenças intestinais, como a doença de Crohn. Mas, mesmo que apresentem alguns sintomas parecidos, como diarreia, dor abdominal e febre, elas são doenças distintas.

A colite ulcerativa é uma inflamação e ulceração das camadas superficiais do cólon. 

Já a doença de Crohn é uma inflamação de toda a espessura da parede intestinal, mas pode afetar também todo o trato digestório.

Outra diferença está em como cada uma se apresenta. A colite ulcerativa causa uma inflamação contínua no cólon. 

A inflamação causada na doença de Crohn não é contínua, intercalando muitas vezes áreas normais com zonas afetadas.

Importante dizer que ambas têm causas desconhecidas e podem estar relacionadas a inúmeros fatores. 

Como já citamos, a retocolite ulcerativa está relacionada a fatores genéticos, ambientais e imunológicos. 

Já a doença de Crohn está relacionada a fatores imunológicos, infecções e dieta.

Avatar

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias