• 24 de junho de 2022

Cólera: O que é, Causas, Sintomas, Transmissão e Tratamentos

 Cólera: O que é, Causas, Sintomas, Transmissão e Tratamentos

Você sabia que muitas doenças podem ser transmitidas através da contaminação da água? A cólera é uma delas e no Brasil já houve 155.356 casos e 1.712 óbitos no período de alta.

Basicamente, a cólera é uma doença infecciosa que pode ser adquirida por meio do consumo de água e alimentos contaminados pela bactéria chamada Vibrio cholerae. 

Este tipo de infecção é mais comum e causa surtos mais facilmente em locais que não têm água encanada ou com saneamento básico inadequado, em que não há coleta de lixo ou que há esgoto a céu aberto, por exemplo.

Embora, nem sempre causem sintomas, algumas pessoas infectadas podem desenvolver um quadro mais grave, o que depende da quantidade de bactérias ingeridas e do estado de saúde da pessoa contaminada, podendo manifestar-se desde uma leve diarreia a uma diarreia intensa e potencialmente fatal.

Principais Sintomas 

É muito importante saber que a cólera nem sempre apresenta sintomas claros e, muitas vezes, tudo o que o paciente pode apresentar é uma forma de diarreia leve.

No entanto, certos casos de maior gravidade de cólera necessitam de tratamento médico para evitar que eles evoluam e causem complicações ao paciente.

Entre os principais sintomas de cólera, podemos destacar

  • Diarreia volumosa;
  • Fezes líquidas e acinzentadas;
  • Náuseas e vômitos;
  • Febre leve;
  • Dores e cólicas abdominais;
  • Desidratação;
  • Letargia;
  • Pele seca e sede excessiva;
  • Baixa da pressão arterial; 
  • Cãibras musculares.

É necessário que a cólera seja identificada e tratada rapidamente para evitar que ocorram complicações, como por exemplo a desidratação severa, necrose renal, hipoglicemia e choque hipovolêmico, podendo levar o paciente a óbito em menos de 24 horas, por exemplo.

Transmissão

A transmissão da bactéria responsável pela cólera acontece através do consumo de água ou alimentos contaminados, já que esse microrganismo pode ser eliminado através do vômito e da diarreia, podendo ser facilmente espalhada. 

Sendo assim, é comum que a infecção seja transmitida entre pessoas que convivem no mesmo ambiente, como moradores da mesma casa ou pessoas que frequentam a mesma escola e local de trabalho, por exemplo.

Além disso, o consumo de peixes e crustáceos de água doce ou de água do mar contaminados também pode causar a doença, isso porque a bactéria faz parte do ambiente aquático. 

Rios, açudes e lagoas contaminadas podem causar epidemia em determinadas regiões e, por isso, é importante só ingerir água filtrada ou fervida.

Uma vez que a bactéria presente nas fezes se multiplica facilmente entre 5 e 40ºC, sendo também resistente ao congelamento, é comum ocorrer epidemias de cólera em áreas populacionais superlotadas, com más condições de higiene e falta de saneamento básico.

Possíveis Tratamentos

Quando o assunto é tratar a cólera, não é necessário nenhum tipo de tratamento especial para a cólera, sendo apenas recomendado manter a ingestão de líquidos ou soro para evitar a desidratação causada pela diarreia forte. 

O soro de reidratação oral, que pode ser comprado em farmácias, ou o soro caseiro, são também interessantes para prevenir e tratar a desidratação, repondo a quantidade de líquidos e sais minerais que são perdidos na diarreia e vômito.

O consumo de remédios para parar a diarreia e os vômitos não são recomendados, pois pode impedir que as toxinas produzidas pelos microrganismos sejam eliminados. 

No entanto, casos surjam sintomas que podem ser desconfortáveis para a pessoa, o médico pode indicar o uso de remédios para enjôo, para dor e para repor a microbiota intestinal.

Em casos mais graves, quando a desidratação provoca sintomas como tonturas ou cansaço extremo, pode ser necessário ficar internado no hospital para fazer soro diretamente na veia e avaliar os sinais vitais.

Além disso, embora os antibióticos não sejam necessários para eliminar a cólera, o médico pode recomendar em casos mais graves, principalmente quando é observada diarréia grave com sangue.

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias