• 24 de junho de 2022

Colágeno: O que é, Para que serve, Reposição e Alimentos

 Colágeno: O que é, Para que serve, Reposição e Alimentos

Se você costuma cuidar da saúde da sua pele e do seu cabelo, provavelmente já ouviu falar do famoso colágeno e deve saber mais ou menos qual é a sua função. Mas vamos conhecer melhor do que se trata essa substância.

Basicamente, o colágeno é uma proteína que dá estrutura, firmeza e elasticidade à pele. Essa substância é produzida naturalmente pelo corpo, mas também pode ser encontrada em alimentos como carne e gelatina, ou cosméticos como cremes hidratantes ou suplementos alimentares em cápsulas ou pó.

O colágeno é muito importante para manter as células firmes e unidas, sendo não só essencial para a pele mas também para outros tecidos como os músculos, ligamentos dos tendões e articulações

De acordo com o médico Marcelo Buscariolli Domingues Borges, integrante da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, existem cerca de 30 tipos diferentes de colágeno, sendo o tipo 1 o mais comum e presente em vários órgãos como pele, ossos, tendões e cartilagens. 

A questão é que, quanto mais o tempo passa, menos colágeno nosso corpo produz.

Geralmente, a queda da produção se inicia com 25 anos, então, a partir dessa idade, perdemos 1% da substância ao ano.

Sabendo que, a função do colágeno é manter a estrutura dos tecidos. Com isso mantém, por exemplo, a nossa pele sem linhas de expressão ou até rugas.

Já no caso das cartilagens, as mantêm hidratadas, o tecido ósseo, mantém o cálcio e outros minerais no interior do osso, nos cabelos, mantém a espessura, o brilho e a resistência. 

Quais os maiores benefícios do colágeno

Não é por acaso que essa substância se tornou tão popular. Existem alguns benefícios no consumo de colágeno.

O colágeno desempenha um papel importante na prevenção e no tratamento das seguintes condições:

  • Dores articulares;
  • Artrose;
  • Osteoporose;
  • Lesões na terceira idade.

Muitos profissionais da saúde indicam o uso de colágeno para os idosos, pois mantém o tecido articular mais hidratado e elástico.

Quando usar colágeno?

O uso dessa substância é indicado quando começam a surgir sinais indicativos de que a concentração dessa proteína no organismo está menor, o que pode ser percebido com mais frequência a partir dos 50 anos.

Assim, alguns sinais indicativos de menor quantidade de colágeno são:

  • Diminuição da espessura dos fios de cabelo;
  • Aumento da flacidez e perda de elasticidade da pele;
  • Surgimento de rugas e de linhas de expressão;
  • Aparecimento de estrias;
  • Pele fina e desidratada;
  • Diminuição da densidade dos ossos, como nos casos de osteopenia e osteoporose;
  • Enfraquecimento das articulações e dos ligamentos.

Com sinais indicativos de pouca concentração de colágeno no corpo, é importante consultar o médico para que seja feita uma avaliação completa e possa ser indicado o uso de suplemento, caso haja necessidade.

Reposição de colágeno

Quando se trata de repor o colágeno no corpo e garantir todos os benefícios dessa proteína é sempre importante aumentar o consumo de alimentos que são ricos em colágeno. 

No entanto, em alguns casos quando apenas o consumo de alimentos ricos em colágeno não é suficiente, pode ser recomendado pelo médico o uso de suplementos.

Alimentos que contêm colágenos

Os alimentos proteicos, além de serem fontes de colágeno, ajudam a fornecer os aminoácidos essenciais para a constituição dessa proteína no corpo.

Dentre as opções que devem fazer parte do cardápio de quem deseja obter a substância estão: 

  • Carnes vermelhas e brancas;
  • Geleia de mocotó;
  • Ovos;
  • Peixes;
  • Queijo;
  • Iogurte desnatado;
  • Frutas cítricas e vermelhas;
  • Castanhas;
  • Nozes;
  • Amêndoas;
  • Aveia e soja.

No entanto, para aproveitar as proteínas disponíveis nesses alimentos, é importante atentar para o modo de preparo, visto que esse é um fator que pode fazer com que as substâncias se percam. 

Para evitar que isso aconteça, é bom que os alimentos sejam cozidos no vapor por um pequeno período e não armazená-los por muito tempo na geladeira.

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias