• 16 de agosto de 2022

Cannabis e café: Qual a relação entre essas duas substâncias?

 Cannabis e café: Qual a relação entre essas duas substâncias?

Como já sabemos, essas duas substâncias são muito utilizadas ao redor do mundo, ainda que de formas e objetivos diferentes. Mas qual a relação entre elas? 

Poucos sabem, mas por incrível que pareça, o café e THC ou CBD podem se beneficiar um do outro.

Em países onde a infusão de cannabis em bebidas e alimentos é legal, muitas pessoas aproveitam e apreciam o café pontuado com uma alta da cannabis. 

Essa prática é conhecida como “Seattle Speedball”, que é comercializada em algumas cidades dos EUA onde o consumo da erva através da infusão é permitido.

De acordo com a ciência, a cafeína é um estimulante do Sistema Nervoso Central que impede os neurotransmissores do cérebro de fazer você se sentir sonolento. 

Esse alto teor de cafeína é o trabalho de substâncias químicas como o cortisol e a adrenalina, que elevam a pressão arterial e aumentam seu suprimento de energia, causando sensações de poder e euforia. 

Ao que parece, algumas substâncias presentes na cannabis funcionam de maneira semelhante. 

Como o canabidiol e a cafeína agem no organismo?

Só de ouvir o nome de cada um ou  imaginar os dois juntos, já dá para imaginarmos que um age como estimulante, acelerando o corpo, e o outro tem propriedades calmantes.

Quando consumimos a cafeína, ela bloqueia a ação da adenosina no organismo, neurotransmissor que transmite a sensação de cansaço.

Por isso que, com uma xícara de café, conseguimos ficar mais alegres e despertos.

Já a cannabis, ao entrar em contato com os neurotransmissores, tem efeitos psicoativos e, por meio do THC,  causa aquela brisa que você curte no uso recreativo, com relaxamento, alegria e a larica.

Mas o que será que os especialistas dizem sobre a mistura das duas substâncias? 

Misturando efeitos e prazos

De acordo com os especialistas, tanto o THC quanto a cafeína agem como psicoativos no organismo e a junção deles proporciona prazeres diferenciados mas sem exageros, em quantidades controladas.

Segundo o Dr. Scott Krakower, diretor de psiquiatria do Hospital Zucker Hillside, essa mistura pode reduzir a capacidade de memória a curto prazo e, segundo ele, a erva se sobressai ao efeito de “acordar” do café, que não cancela a propriedade do THC em deixar a gente relaxado.

Por outro lado, o Doutor, que conduziu um estudo que testou a combinação da planta com uma substância parecida com a cafeína, mostrou que essa união pode estimular a criatividade, a alegria e a consciência de forma prolongada!

O segredo para ter uma brisa diferenciada, portanto, é combinar as substâncias de forma controlada e sem exageros. Assim, você garante os benefícios de ambos e evita possíveis malefícios!

 

Relatos

Michelle Mendoza, compradora-chefe do dispensário Sweet Flower de Los Angeles, é uma grande defensora da erva, do café e da combinação dos dois. Ela aponta para as semelhanças culturais e rituais em ambas as culturas. 

“Eu amo a ideia de café e cannabis juntos como uma prática ritual. Acho que, para muitos, o ato de fazer café ou enrolar um baseado pode gerar momentos profundamente meditativos que dão lugar a uma prática mais ampla de autocuidado e bem-estar.” diz ela.

Mendoza diz que sua combinação favorita é um Americano com uma pitada de creme e uma variedade equilibrada da planta para equilibrar a cabeça e o corpo.  

Vale ressaltar que esta interessante combinação de cafeína e canabinoides não está necessariamente limitada ao THC. 

Outro relato também é o de Jim Higdon, um ex-jornalista que, alguns anos atrás, passou a apreciar a combinação de cafeína e CBD. 

“Geralmente, eu tomo meu café com meio a meio, sem açúcar, e um dos meus chicletes de espectro completo”, diz ele. 

“Os efeitos que eles causam em mim pessoalmente são incríveis, me sinto estimulado e energizado pelo café e o canabidiol me impede de ficar nervoso.” 

Apesar dos relatos acima e comprovações científicas, isso tudo é um trabalho em andamento.

Encontrar a variedade certa, obter o café certo, experimentar como combinar os dois da melhor forma pode levar tempo.

Mas conforme as descobertas forem avançando mais e mais pessoas vão se render a essa combinação.

Referências

  • InsideHook
  • tabacariadamata

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias