• 26 de junho de 2022

Canabinoides sintéticos podem levar à morte?

 Canabinoides sintéticos podem levar à morte?

Imagem: iStock

O caso relatado no começo do mês na Europa, levantou mais uma vez a questão das substâncias sintéticas. Sobretudo, ilegais.

Ainda neste mês, uma mulher de 23 anos morreu ao ingerir balas de goma com infusão de cannabis em uma cidade de Londres, na Inglaterra. 

A mulher e a sua amiga de 21 anos haviam pedido os produtos em um aplicativo de entregas, e na mesma noite, as duas foram levadas ao hospital. A de 23 anos, morreu no dia 2 de abril. 

Um dia antes, um homem  foi preso com uma grande quantidade de dinheiro e comestíveis de cannabis. Os doces foram apreendidos e a suspeita é que ele tenha vendido as gomas às mulheres que passaram mal.

Imagem: iStock

Uma coisa curiosa, é que as gomas não eram feitas de canabinoides naturais, mas sintéticos. Isso pode ter causado a morte delas?

O que são canabinoides e quais as diferenças?

Canabinoides são as substâncias encontradas em algumas plantas que provocam os efeitos na mente e no corpo. O Tetrahidrocanabinol (THC), por exemplo, é o principal canabinoide da cannabis que gera o famoso “barato” da maconha.

Segundo a National Institute on Drug Abuse, ainda não há registros de mortes exclusivamente por causa da maconha

Alguns centros de prevenção de controle de drogas também afirmam que não é possível ter uma overdose fatal de maconha. Embora isso não signifique que o exagero seja perigoso.

Canabinoides sintéticos

Contudo, também existem os chamados canabinoides sintéticos. 

Eles não são naturais, mas produtos químicos feitos pelo homem. As substâncias normalmente são borrifadas em matéria vegetal seca e picada para usar no fumo ou vender como líquido.

Eles são chamados de canabinoides porque são semelhantes aos produtos encontrados na planta cannabis, mas não necessariamente feitos a partir dos naturais. Embora a modificação dos canabinoides da planta também possa criar novos sintéticos. 

Atualmente, há até remédios feitos com canabinoides sintéticos, que inclusive, são importados para o Brasil. O problema é quando eles são ilegais e destinados ao uso adulto. 

Perigo dos sintéticos

Quando se trata de qualquer tipo de sintético, há motivos para se preocupar. Os produtos químicos adicionados podem produzir efeitos inesperados e diferentes dos da planta original. 

Segundo Renato Filev, advogado e coordenador científico da Plataforma Brasileira de Política de Drogas, embora raro, há casos de pessoas que morreram por causa de canabinoides sintéticos.

Segundo estatísticas feitas nos EUA, desde 2015 houve cerca de 20 mortes devido ao uso de canabinoides sintéticos. 

“O que não sabemos é se as pessoas que morreram tinham alguma condição de saúde pregressa que favoreceu o desfecho. No entanto, podemos afirmar que o uso pode trazer sérios riscos aos usuários”, acrescenta.

Tainara Cavalcante

Jornalista e produtora de conteúdo no Cannalize. Amante de literatura, fotografia e conteúdo de qualidade.

Mais Notícias