• 25 de junho de 2022

Aranto: O que é, Benefícios, Efeitos e Contraindicações

 Aranto: O que é, Benefícios, Efeitos e Contraindicações

Você já ouviu falar da planta de Aranto? Se sim, talvez não saiba os seus benefícios, efeitos e contraindicações. Vamos entender um pouco mais sobre ela.

A planta aranto, também conhecida como mãe-de-mil, mãe-de-milhares e fortuna, é uma planta medicinal com origem na ilha africana de Madagascar, mas que pode ser facilmente encontrada no Brasil.

Além de ser uma planta ornamental e com facilidade de se reproduzir, também contém propriedades medicinais. 

Porém deve ser usada com muita atenção e cuidado, por causa do risco de intoxicação com suas altas dosagens e por ter pouca comprovação científica.

O nome científico da planta aranto é Kalanchoe daigremontiana. Plantas pertencentes a essa família possuem a substância bufadienolide (um esteróide de origem animal, que é produzido por diversos bufonídeos) com propriedades que podem ser antioxidantes.

Inclusive, pode ser usada como auxílio no tratamento do câncer. Porém, como citamos, ainda não está totalmente comprovado por estudos científicos e sem dúvidas precisa de mais pesquisas.

Não confunda esta planta com o amaranto, que é um cereal sem glúten rico em proteínas, fibras e vitaminas. 

Benefícios do Aranto

Por ser uma planta que contém propriedades anti-inflamatórias, é possível dizer que o seu consumo medicinal pode ajudar a fortalecer a imunidade. 

Ao combater a ação de radicais livres e prevenir inflamações no organismo, o corpo se torna menos propenso a adoecer ou ter seu sistema imunológico debilitado de alguma forma.

Trata a febre e tosse

A planta aranto além de ajudar a tratar a tosse, também ajuda na febre e em outros sintomas que, por vezes, resfriados, gripe ou demais problemas respiratórios podem ocasionar. 

Com muitos antioxidantes (flavonoides) e propriedades anti-histamínicas em sua composição, é benéfico para a saúde do sistema respiratório.

Protege o estômago

Um estudo redigido por cientistas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) demonstrou o poder que essa planta tem para tratar doenças relacionadas ao estômago. 

Com isso, foi demonstrado pelos profissionais que o essa planta pode ajudar no tratamento de úlceras e demais problemas inflamatórios no órgão.

Referente ao seu possível auxílio no tratamento de câncer, ainda é necessário que sejam feitos estudos mais profundos. Contudo, não há comprovação quanto à veracidade e eficácia de suas supostas propriedades de combate à doença.

Por possuir ações sedativas também é usado em pessoas com problemas psicológicos, alguns acreditam que pode ajudar em ataques de pânico e esquizofrenia.

Efeitos e contraindicações da planta aranto

O jeito mais comum de consumir a planta é através do chá, feito a partir de suas folhas quando secas.

Porém, não deve ser ingerido mais de 30g da planta por dia, pelo risco de efeitos tóxicos no corpo com suas altas dosagens.

Além disso, existem estudos que demonstram que, quando consumida em excesso, a planta pode oferecer os seguintes efeitos colaterais:

  • Náuseas;
  • Vômito;
  • Dor abdominal.

O consumo de aranto é contraindicado para mulheres grávidas pois pode provocar aumento de contrações uterinas.

As crianças, pessoas com hipoglicemia e com pressão baixa também não devem consumir a planta.

Antes de iniciar o consumo, o ideal é consultar o médico e é indispensável a certificação de que se trata da planta correta para não correr o risco de consumir espécies de plantas tóxicas.

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias