• 28 de junho de 2022

Manjericão: O que é, Benefícios, Efeitos e Contraindicações

 Manjericão: O que é, Benefícios, Efeitos e Contraindicações

Com certeza, você já ouviu falar sobre o manjericão, principalmente quando se trata de tempero e aquele saborzinho extra na comida. Mas você sabia que ele pode ser usado medicinalmente? Vamos entender como isso é possível.

O manjericão  é uma planta medicinal e aromática também conhecida como Manjericão-de-folha-larga, Alfavaca, Basilicão, Anfádega e Erva-rea. 

Além de ser usado como tempero  e cair muito bem em molhos, ele também carrega nutrientes com potencial antioxidante e anti-inflamatório, podendo ser usado para fazer remédios caseiros para aftas, tosse e dor de garganta.

Para ter acesso a essa planta é fácil, ela pode ser comprada em lojas de produtos naturais, feiras livres e em alguns mercados.

Falando um pouco das características dessa planta, pode chegar a 60 cm a 1 metro de altura com inúmeras folhas largas e muito aromáticas, que são muito usadas na cozinha italiana.

Suas pequenas flores têm cores vivas que podem ser lilás, brancas ou vermelhas.

O mais curioso é que o manjericão é uma excelente fonte de vitamina K e manganês, uma fonte muito boa de cobre, vitamina A, vitamina C, uma ótima fonte de cálcio, ferro, ácido fólico e magnésio.

Quais são os principais benefícios do manjericão? 

Como citamos anteriormente, essa planta contém propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias. 

Consequentemente oferece benefícios incríveis para os que consomem. Separamos os 4 principais benefícios dessa planta abaixo:

1- Fortalece o Sistema Imunológico

Consumir  manjericão ajuda muito no funcionamento do sistema imunológico. Isso acontece porque os componentes desta planta aumentam a produção de anticorpos, essenciais para combater vírus e bactérias. 

Além disso, o sistema imune fica muito mais forte e equilibrado, o que protege o organismo de alergias, asma, artrite e até do câncer.

O recomendado é que essa planta seja consumida na forma fresca e não seca, para que assim os resultados sejam mais relevantes. 

2 –  Auxilia na redução do estresse

O manjericão também é um ótimo aliado no combate ao estresse, um mal tão comum e que atinge muitas pessoas atualmente.

Segundo as orientações médicas, o ideal é mascar em torno de 10 folhas de manjericão até duas vezes ao dia. 

Os nutrientes presentes nela produzem um efeito relaxante, que ameniza os efeitos e as complicações causadas pelo estresse.

3 –  Traz alívios aos sintomas de resfriados

Fala sério, nada pior do que acordar resfriado, não é mesmo? 

Mas calma, você pode contar com uma opção natural para reduzir os sintomas disso.

Mastigar folhas de manjericão é uma maneira eficaz de aliviar coriza, espirros e a sensação de nariz entupido.

 A tosse e a dor de garganta também podem ser combatidas com o uso de chás ou gargarejos produzidos com a planta.

4-  Ajuda no funcionamento do Sistema Digestivo

Essa planta faz muito bem para o sistema digestivo como um todo. Pode ajudar a reduzir dores de estômago, gastrite, úlceras e ainda auxilia no combate à indigestão e à prisão de ventre.

Mas afinal, como consumir?

Bom, basicamente o mais comum é ser usado na culinária do dia a dia.

As partes usadas do manjericão são suas folhas e caules, que servem para tempero de omeletes, ensopados de carnes, peixes, frangos, saladas, sopas, recheios, como ingrediente principal em molho típico italiano, como em doces e licores.  

O manjericão combina perfeitamente com pratos que levam tomate, azeite, limão, carnes vermelhas,  massas e queijos. 

Além disso, pode ser desfrutado através de uma xícara de chá, infundindo folhas frescas de manjericão picadas ou a erva em água fervente.

Existem efeitos colaterais no uso dessa planta?

Quando se trata de efeitos colaterais, não existe muito perigo. Eles são leves e em casos específicos incluem reações alérgicas.

No entanto, é contraindicado em altas doses durante a gravidez, em crianças com menos de 12 anos e em mulheres em fase de lactação.

Como plantar o manjericão?

Eis aí uma pergunta muito comum, e a resposta é simples, não tem segredo. 

A planta de manjericão gosta de sol pleno, e prefere o solo fértil, bem drenado e que não acumula água, mas precisa de irrigação regular. 

Ele pode ser plantado em vasos de plantas ou terrenos bem adubados e não gosta de frio e geadas. Nem calor excessivo, apesar de gostar de sol. 

Ele não resiste a muitas colheitas, com necessidade de replantio frequente.

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias