• 14 de abril de 2021

Ciprofloxacino: O que é, Para que serve, Benefícios , Efeitos, Contraindicações e Interações Medicamentosas

 Ciprofloxacino: O que é, Para que serve, Benefícios , Efeitos, Contraindicações e Interações Medicamentosas

Pile of white oblong tablets pills on gray background. Pharmaceutical industry. Pharmacy products. Painkiller medicine. Calcium tablets. Antibiotic tablets pills. Antibiotic drug resistance concept.

Bronquite, sinusite, prostatite e até gonorreia. Se você sofre ou conhece alguém que passou por isso, já deve ter ouvido falar de diversos medicamentos. Mas você conhece o Ciprofloxacino?

Basicamente, esse medicamento é um antibiótico de amplo espectro, indicado para o tratamento de vários tipos de infecções. 

Esta medicação está disponível em farmácias na forma de genérico ou com os nomes comerciais por um preço que pode variar entre 50 e 200 reais. Isso vai depender  de alguns fatores, como o nome comercial, forma de apresentação e dimensão da embalagem.

Semelhantemente a qualquer outro antibiótico, só deve ser utilizado diante de uma orientação médica e só pode ser comprado mediante a apresentação de uma receita.

Mas afinal, para que serve?

Assim como muitos outros antibióticos, a dúvida mais frequente é para que esse medicamento serve. O ciprofloxacino serve para diversas condições, as quais incluem

  • Bronquite;
  • Sinusite;
  • Prostatite;
  • Gonorreia;
  • Cistite;
  • Pielonefrite;
  • Diarreias bacterianas;
  • Infecções intra-abdominais causadas pela bactéria;
  • Infecções das vias respiratórias;
  • Osteomielite;
  • Antraz;
  • Infecção por mordida de animais.

Vale ressaltar que esse medicamento não costuma ser a primeira opção de tratamento, ou seja, existem outros que são usados antes para atingir os efeitos desejados.

Existem efeitos colaterais?

Basicamente, os efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer durante um tratamento com ciprofloxacino são

  • Náuseas;
  • Diarreia.

Mesmo que seja mais raro, podem também ocorrer outros efeitos como:

  • Diminuição do apetite;
  • Agitação;
  • Dor de cabeça;
  • Tontura;
  • Coceira;
  • Dores no corpo;
  • Mal estar;
  • Febre;
  • Vômitos;
  • Má digestão;
  • Dificuldade para dormir;
  • Leves dores abdominais;
  • Gases intestinais;

Contraindicações

Assim como toda medicação, é preciso ter cuidados na hora de usar o remédio. 

Este medicamento, por exemplo, deve ser evitado em crianças, devido ao risco de lesões osteoarticulares.

Atualmente as únicas situações em que esse medicamento pode ser utilizado na população pediátrica são os casos de infecção respiratória na fibrose cística e antraz.

O ciprofloxacino também deve ser evitado nos pacientes com as seguintes caraterísticas:

  • Grávidas;
  • Mulher que estão amamentando;
  • Pessoas com epilepsia;
  • Pessoas com Neuropatia periférica;
  • Pacientes com alto risco de arritmias cardíacas.

Interações Medicamentosas

Existem alguns medicamentos que podem diminuir a absorção do ciprofloxacino, como por exemplo:

  • Antiácidos;
  • Sucralfato;
  • Multivitamínicos;
  • Sevelamer;
  • Sulfato ferroso;
  • Carbonato de cálcio.

Em caso de pacientes que usam anticoagulantes, o ciprofloxacino pode aumentar o efeito da varfarina (anticoagulante) e o risco de hemorragias. 

Cafeína e teofilina também têm seus efeitos se misturado ao antibiótico.

O ciprofloxacino pode interagir com uma série de outros medicamentos, mas deve ser usado com cautela para não gerar graves problemas de saúde e sempre com acompanhamento médico e respeitando as instruções da bula.

Avatar

Bruno Oliveira

Tradutor e produtor de conteúdo do site Cannalize, apaixonado por música, fotografia, esportes radicais e culturas.

Mais Notícias